domingo, 26 de abril de 2015

Ecos e reflexos em movimento

Partilho alguns momentos e fotos do passado domingo!
Um dia aparentemente calmo! Céu e mar muito azuis!
 Muito descansadamente um pequeno passeio de carro pela Estrada Marginal que liga Lisboa a Cascais.
O Farol de Gibalta em Caxias 
De repente uma onda bastante forte galgou o paredão e cobriu todos os veículos que passavam!
Um susto enorme!




Aqui neste local  (Estuário do Tejo) o mar estava com ondulação que chamarei de traiçoeira;))! 
No inverno é habitual esta situação, mas nesse dia fiquei muito surpreendida e assustada!

   Apesar do susto fui clicando as fotos que hoje partilho, mas devo confessar que foi uma sensação muito estranha ao ver a onda galgar sobre nós! Quase deixei de ver e só pensei num acidente! Tudo muito rápido! Isto fez-me pensar nos tsunamis e outras tragédias  bem graves que acontecem no mundo e que apanham todos desprevenidos (caso do terramoto ontem e hoje no Nepal) ! Isto apesar de tudo não foi nada e valeu o passeio!
Agora para sorrir;))
No final outras ondas, mas estas para retirar o sal do carro que entretanto tinha secado. 

Bom domingo!
Um abraço. Ailime





6 comentários:

  1. Que lindo tudo e o susto deve ter sido grande! mas legal, emoções fortes fazem bem,rs Lindo domingo! bjs, chica

    ResponderEliminar
  2. Lindo o teu post, Ailime!
    Que sustão, mas valeu demais o passeio...
    A temperatura aí ainda está de friozinho... Rsss...
    Beijos

    ResponderEliminar
  3. Que lugar lindo Ailime,adorei o farol.
    beijinhos

    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  4. Que lindo passeio...mas que susto heim?
    Mas valeu o passeio neste lugar lindo!
    Beijos,
    Mariangela

    ResponderEliminar
  5. Ailime esta orla é muito bonita.
    Aqui se diz que o mar estar de ressaca quando joga suas aguas na estrada.
    É um momento perigoso mesmo da força das aguas.
    Mas que ficaram interessantes as fotos.
    Quando vejo falar do Tejo fico com uma vontade de conhece-lo, por ser tão cantado em verso e prosa e no fado.
    Beleza de partilha e viajamos com voce por Portugal.
    Abraços

    ResponderEliminar

Aqui mostro um pouco mais dos ecos e reflexos que me saem da alma.
O que me rodeia, o que me sensibiliza, algumas coisas que gosto de fazer no meu dia a dia! Aqui sinto-me em casa. Espero por todos vós! Ailime