sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Ecos da cozinha


Uma sopa de tomate apenas com cebolas cortadas em meias luas fininhas, rodelas de batata bem finas também, tomate cortado em pedaços, um pouco de sal e depois quase no final tempera-se com um fio de azeite!
Poderá  servir com ovo escalfado e polvilhar com orégãos!
Esta sopa muito simples era feita há muitos anos na minha aldeia, com influências do Alto Alentejo e ainda hoje a acho muito saborosa!

Aqui arroz de peixe à minha moda! 
Cebola e alho bem picadinhos, pimento vermelho em tiras, salsa picada, tomate picadinho também,   piri-piri moído q.b., azeite e um pouco de vinho branco!

Coze-se o peixe à parte (reserva-se a água da cozedura), retirando-se depois de cozido as peles e as espinhas (aqui usei maruca)!
Vai-se acrescentado o caldo com a agua da cozedura do peixe depois de coada e junta-se o arroz!
Quando o arroz está quase no ponto  envolve-se o peixe em pedaços, mexilhões cozidos também separadamente, miolo de  camarão e alguns camarões inteiros para intensificar o sabor!
Aqui todos gostam! Que acham?

Bom fim de semana.
Abraços, Ailime

7 comentários:

  1. Hum, fiquei com vontade de experimentar esses quitutes!
    Pelo que vejo você gosta de cozinhar com "arte e detalhes"...
    Saborosos ecos!!
    Beijos...

    ResponderEliminar
  2. Olá, querida Ailime
    Uma sopinha assim com os acompanhamentos que vc sugeriu é uma verdadeira delícia...
    Hoje, num programa famoso da tele daqui, um 'chef' ensinou-nos como fazer tais caldos... me lembro dele agora ao ler seu post... muito bem explicadinho o seu post!!!
    Bjm fraterno

    ResponderEliminar
  3. Hmmmmmmmm , delícia iniciar a sexta-feita com boas comidinhas e leves. Gostei! Deves cozinhar muito bem,acho! Vou aí comer provar teu temperinho,rs bjs, lindo fds! chica

    ResponderEliminar
  4. Mas que bem cozinha a nossa Ailime!
    Adorei a sopinha de tomate.
    Beijo

    ResponderEliminar
  5. Tanto a sopa como o arroz , adoro ,alá sua moda queria provar.
    bjs
    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  6. Olá Ailime, vim conhecer o seu novo "filhote" e logo de entrada uma sopa que se faz lá na minha aldeia também. O meu pai adora esta sopa e costuma dizer que "no tempo da tomateira não há ruim cozinheira". E já que fala em cebolas cortadas em meias luas fininhas, lembrei-me que na minha meninice se cortava assim a cebola para as saladas (não era cortada às rodelas).
    Beijinhos e até à próxima.

    ResponderEliminar
  7. Ah! Esqueci-me do arroz!
    Se o sabor fôr tão bom como o aspecto...palavras para quê?

    ResponderEliminar

Aqui mostro um pouco mais dos ecos e reflexos que me saem da alma.
O que me rodeia, o que me sensibiliza, algumas coisas que gosto de fazer no meu dia a dia! Aqui sinto-me em casa. Espero por todos vós! Ailime