quarta-feira, 11 de março de 2015

Abate de Árvores

Não posso deixar de passar em branco mais um acto que considero crime. 
O abate de árvores sem explicações dentro das localidades é ainda mais grave e de lamentar quando existem  outros problemas a nível ambiental para resolver, como por exemplo a recolha de  material plástico que se está a generalizar  por todo o lado, não havendo recipientes para o lixo que  ajudem a minorar a situação.
Sendo esta a maior freguesia da Europa e cada vez com mais carências no que respeita à qualidade de vida  dos seus habitantes denuncio o corte abrupto de três amoreiras existentes próximo da estação dos Caminhos de Ferro de Mem Martins e do qual fui testemunha ocular já na parte final! Questionando um funcionário sobre a causa do abate foi-me respondido  que as árvores estavam a apodrecer, logo desmentido por quem assistia e pelas fotos que tirei no local e que, como poderão observar, mostram troncos cortados de árvores sãs!
Pergunto: porque continuam, as ser cortadas árvores em Mem-Martins com desigualdade de critérios?  






 Minhas amigas e leitores habituais peço-vos desculpa por trazer aqui este assunto, mas não ficaria de bem com a minha consciência se não o fizesse!
Desejo-vos continuação de uma boa semana.
Abraços. Ailime

10 comentários:

  1. That's awful. We've just had some mature trees cut down at the edge of the village - I have no idea why, they were healthy and not causing a problem to traffic or pedestrians. It makes me really cross.

    ResponderEliminar
  2. Ailime, têm coisas que ficamos mesmo sem entender! Como disse, tantas outras medidas são esquecidas, negligenciadas... Às vezes fazem isso como prevenção!?
    Estou por aqui num intervalo e outro...
    Com carinho... Boa noite...

    ResponderEliminar
  3. Boa noite Ailime, acho que no geral todas as autarquias têm “ódio” às árvores! Eu onde resido igualmente todos os anos vejo cortes e podas que são uma completa estupidez. Na minha terra natal também. No espaço de 3/4 anos foram cortadas pela autarquia 3 árvores com cerca de 25/30 anos. E as pessoas mais velhas falam de outros cortes de árvores que houve em espaços públicos e que hoje eu poderia expôr n´O Forninhenses a sua grandeza e antiguidade, mas enfim...
    Revolta-me ainda é nunca haver informação do porquê do corte desta ou daquela árvore. Havendo informação do porquê do corte até se aceitaria (ou não) e de certeza que se evitava tanta crítica, mas a verdade é que nós, o povo, só tem conhecimento do abate/corte depois do acto consumado e como bem viu e nos mostra, sequer se deve ao “estado de saúde” da(s) árvore(s).
    Mesmo que se plantem outras hoje acho que nunca se esquecem as que cortam com algumas dezenas de anos.
    Agora apenas ficam as fotografias...e a memória.
    Beijinhos e vamos ter esperança que daqui para a frente se dê mais valor ao património público arbóreo.

    ResponderEliminar
  4. Ailime, ficamos mesmo triste com essas coisas assim, e n]ão vemos razão pra esse descaso com a natureza. Até quando? beijos, tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  5. Ailime, a sua revolta tem todo o fundamento. Oxalá o se grito acorde consciências-
    Beijo

    ResponderEliminar
  6. Olá, querida Ailime
    Noutro dia quase fotografei 3 tocos grandes assim... estão fazendo um condomínio novo por aqui pertinho... uma coisa tremenda cortar tão belas árvores, meu Deus!!!
    Bjm quaresmal

    ResponderEliminar
  7. Bom dia Ailime.
    Compartilho do seu sentimento, fico indignada quando percebo esses tipo de atos contra a natureza, por aqui eles destrói para construir mais prédios. Um lindo dia amiga. Beijos.

    ResponderEliminar
  8. Tenho vontade de chorar quando sei que acontece isso! Quando o homem vai aprender? Já não lhe basta ver e sentir os efeitos ? Triste, sim, Ailime, muito triste tamanha judiação! Beijos e tudo de bom!

    ResponderEliminar
  9. Ailime penso que é nossa missão denunciar toda erradicação de arvores sem um motivo ecologicamente correto.
    Fez bem e oxalá sejam vistas pelas autoridades.
    A questão descarte de plásticos e seus derivados é uma vergonha aí, imagine por aqui.
    Sinto vergonha de ver como a natureza é maltratada por certos animais racionais.
    Gostei.
    Beijo de paz amiga e fique bem com sua consciência.

    ResponderEliminar
  10. oi Ailime, isto é algo que me deixa realmente triste, a desculpa é sempre essa de que as árvores estão podres, prestes a cair e nem sempre isso condiz com a verdade. Que pena . vale a pena registrar , apesar da triste imagem, temos que de alguma forma protestar.
    Um abraço.

    ResponderEliminar

Aqui mostro um pouco mais dos ecos e reflexos que me saem da alma.
O que me rodeia, o que me sensibiliza, algumas coisas que gosto de fazer no meu dia a dia! Aqui sinto-me em casa. Espero por todos vós! Ailime