quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Ecos e reflexos daqui

O que mais me agrada no local onde resido  é a  minha casa não se situar no meio de um grande aglomerado embora a rua seja muito movimentada e poluída! Em tempos passados, nesta zona, existiam muitas quintas e embora não muito distante de Lisboa era um meio rural! Hoje ainda existem muito vestígios dessas quintas e muitas moradias antigas. Algumas têm vindo a ser reconstruídas e outras encontraram-se abandonadas! De qualquer forma e para retornar ao inicio, agrada-me particularmente passar por estas ruas como foi hoje o caso! Habitualmente não tiro fotos para além dos muros, mas hoje não resisti! As primeiras fotos são de uma moradia habitada e as duas últimas são de um quintal meio abandonado!





Aqui o interessante é a mistura das flores com produtos hortícolas

Digam-me como são os locais onde residem e se gostam de cidades muito urbanizadas ou se preferiam morar no campo ou em locais onde pudessem desfrutar ambientes mistos, como no meu caso!

Continuação de boa semana. Ailime

7 comentários:


  1. Querida Ailime... Lindos Ecos e Reflexos!
    (Vc falou que o fuso horário é o mesmo, mas aí são 4 a mais do Brasil, né?! E aqui 5!)
    Onde moro há muitas flores e frutas por perto... Não gosto de lugar muito agitado, mas também não tão calmo/campo... Só p passeio e contemplação!

    Boa Noite... Hoje andamos um tanto... Amanhã teremos mais aventuras parisienses... (Ah, disse "descontraídos" no sentido de desleixados, já tivemos experiências com pessoas grossas/mal educadas! Rsss)

    Beijinhos...

    ResponderEliminar
  2. Que lindas flores.,Ailime e adoro passear e clicar! Aqui minha rua é bem florida, a´rvores com ipês roxos., lindos.Estão florindo agira! bjs, tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  3. Oi Ailime... que gostoso morar num lugar assim. Muito boa essas fotos!
    A minha cidade é muito boa. Moro perto do centro num bairro ótimo e muito arborizado.
    Aqui há muitos parques e jardins...
    Mas gosto mesmo é do campo!
    Beijos e uma boa tarde!!
    Mariangela

    ResponderEliminar
  4. Oi Ailime
    Pelos jardins floridos ou simples florzinhas crescendo naturalmente em frente as residencias já me enche o olhar de alegria e beleza .E conciliar um local tranquilo com a cidade mais tumultuada é muito interessante.Assim para mim seria mesmo o ideal.Nem tanto ao campo nem tanto a cidade rs
    Mas nada é como queremos e moro bem na 'muvuca ' mesmo! rs ou seja trânsito pesado todas as manhãs, sirenes tocando e calçadas onde se se toca uns nos outros, indiferentemente,por falta de espaço ... rs enfim os bons momentos são quando viajo para um outro recanto que tenho fora e é bem mais acolhedor_ é praia e bem mais tranquila.
    Temos que tirar proveito de onde estamos ,procurar os mínimos detalhes e fazer deles nosso deleite.É bem isso que faço.
    Obrigada , Suas publicações são lindas!

    ResponderEliminar
  5. Oi Ailime! Me identifiquei com seu post porque aqui onde moro é bem assim: estou a 4km do centro da cidade e parece que estou na zona rural. O meu bairro é bem tranquilo, as ruas de terra batida não permitem a correria dos carros, vou dormir com a sinfonia dos grilos, pererecas e desperto com os pássaros que fazem seus ninhos na beirola do telhado. Tenho a praia a 100m do meu portão, o ar é leve e o verão é bem servido pelo vento! Gosto demais daqui e não me arrependo nem um pouco de ter me mudado pra cá. Sou natural da cidade do Rio de Janeiro, morava num bairro de grande movimento e comércio. Já moro no interior do Estado (Araruama) há 19 anos e minha vida mudou da água para o vinho! Gostei muito desse seu blog e já estou seguindo! Bjks Tetê

    ResponderEliminar
  6. Ailime, tenho a sorte de morar na "aldeia" - a minha rua não tem saída, mas perto de tudo, até do mar. Sou uma privilegiada.
    Historiadora? Morno, morninho ... muito perto!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. oi Ailime, Imagino que não só o local onde você mora deve ser encantador, como todo o país. Eu também tenho um cantinho, que fica uns 130km daqui da cidade onde moro, nem tão longe nem tão perto mas não posso me desligar totalmente do meio urbano, se pudesse escolher não sairia da minha roça. Mesmo tendo que abrir mão de alguns confortos eu preferia estar residindo lá em contato mais direto com a natureza,Acho que sou bicho do mato. As suas fotos estão lindas, gostei muito da segunda com estas flores beirando a escada da entrada. Doces imagens. Um grande abraço, obrigada por partilhar.

    ResponderEliminar

Aqui mostro um pouco mais dos ecos e reflexos que me saem da alma.
O que me rodeia, o que me sensibiliza, algumas coisas que gosto de fazer no meu dia a dia! Aqui sinto-me em casa. Espero por todos vós! Ailime